Windows Store: Microsoft fará proposta que desenvolvedores não poderão recusar

As lojas de aplicações, modelo popularizado pela Apple e utilizado por todo mundo são uma excelente forma de expor o trabalho do desenvolvedor, com uma remuneração bem justa. No caso da Apple a relação é 70/30, 70% da venda vai para o desenvolvedor, 30% vai para a Apple. Se você acha pouco, lembre-se que os royalties tradicionais de livros de autores desconhecidos ficam entre 10% e 12%.

O Google trabalha também dentro das proporções 70/30, e os desenvolvedores estão satisfeitos. Como atrair esse pessoal para a Windows Store, vender a idéia de que devem programar para Windows 8 E demonstrar que valorizam o trabalho dessa gente bronzeada que quer mostrar seu valor?

Bem… a Microsoft vende software, mas o business model dela nunca foi vender software dos outros. Developers Developers Developers é o lema, não “funcionários, funcionários, funcionários”. A idéia é vender Windows, não joguinhos de US$0,99. Como imprime o próprio dinheiro, que tal então abrir mão da comissão de vendas?

Isso mesmo. Paul Thurrott, do Winsupersite.com deixou escapar, durante o live blogging de hoje:

“O maior ponto da Windows Store: Microsoft NÃO está ficando com 30%. Vai ficar com ZERO de comissão”.

Ou seja: Se desenvolver para Windows 8,você fica com 100% do que vender. E o público usuário de Windows não é exatamente pequeno. DE CARA a App Store do Mac passou a cobrar uma taxa de 30% de seus desenvolvedores.

Anúncios
Esse post foi publicado em Outros post's. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s