Novidades

Uma das características mais marcantes do Famicom são suas cores, afinal ele era branco com detalhes em vermelho e dourado e este padrão de cores se tornou famoso no Japão.

E além do mais o vermelho não é um vermelho qualquer, e sim o Vermelho Azuki que é o mesmo tom da pasta de feijão usada na culinária Japonesa conhecido como Azuki ou Anko.

Mas o curioso é que a Nintendo não fez isso por estilo e sim por economia, numa entrevista para o site IT Media o presidente da Nintendo Hiroshi Yamauchi revelou que na época o plástico na cor vermelho Azuki era o mais barato no mercado e por isso foi bastante usado no Famicom.

E para economizar a Nintendo também retirou o Select e Start do joystick 2, bem como os próprios joysticks não tinham conectores e vinham fixos no console.

————————————————————————————————————————————–

O serviço Xbox LIVE Silver já passou é coisa do passado. O nome dessa modalidade de assinatura do serviço da Micrrosoft agora se chama Xbox LIVE Free.

Apesar da alteração do nome, as funcionalidades continuam as mesmas. O nome mudou apenas para efeitos de marketing.

A alteração já pode ser verificada na novissimo site Xbox.com. No dashboard do console, o novo vira no próximo update mesmo.

———————————————————————————————————————————-

 

Interação a flor da pele – sim o videogame pode estragar a tv.

Há de se lembrar você que conta idade próxima a minha, dos gritos aflitos de nossos pais: “Desliga isso menino, vai estragar a televisão” – referindo-se aos tão inofensivos mega drive ou super Nintendo. Isso sempre foi e sempre será mentira. Até hoje não há algum caso tecnicamente comprovado de qualquer console que prejudicou a televisão por ficar tanto tempo ligado. Independente de se hoje eu e meus amigos somos míopes e sofremos um pouco para correr, nenhum videogame era capaz de destruir a TV da sala – eletrodoméstico mais importante duma família até tempos atuais.

De toda forma, os tempos mudaram e a interatividade estabelecida entre console e players aumentou. Sabemos disso. Hoje ficar sentado com o controle na mão é opcional e ficar gordo por isso já é uma questão de escolha. Bendita tecnologia. Controles sem fio se transformam em dardos, espadas, artigos de esporte, volantes, é uma maravilha. Contudo para todo bem há sempre um mal – se não que graça teriam os super-herois sem os vilões? (brisa). Cresce a cada dia o número televisões em manutenção por conta destes novos consoles moderninhos. Hoje se sua mãe gritar “Desliga isso menino, vai destruir a televisão” aconselho que faça. Se antes tínhamos no colo Mega drives estáticos – mas que mesmo assim satisfaziam nossa alegria – hoje temos nintendos Wii que pulam da mão e por conseqüência do suor em estar entretido, destroem em cheio a nova televisão 50’ de led 3D do pai. É como se um parente morresse pela sua mão (veja o vídeo do mano que explode a televisão com o controle do Wii). Triste. Claro que há como evitar tudo isso – se assim não tivesse eu iria começar a escrever na pedra de novo – o Wii carrega consigo, no controle, uma cordinha para ser presa no pulso do jogador o que evita que o tal parente, TV, morra. Por isso lembre-se de sempre amarrar o controle no pulso. Para todo o resto se divirta ao máximo. Os consoles estão ai cada dia mais novos e atualizados, basta a nós players desse infinito mundo aproveitá-los da melhor forma, sem destruir nada.

T. Watanabe

É por isso que prefiro 1.000(mil) vezes meu Mega Drive”

Anúncios
Esse post foi publicado em Velharias. Bookmark o link permanente.